Desalojados por incêndio em Santa Cruz, no Rio de Janeiro, recebem primeiro pagamento do aluguel social em tempo recorde

Desalojados por incêndio em Santa Cruz, no Rio de Janeiro, recebem primeiro pagamento do aluguel social em tempo recorde

Seis dias depois do incêndio que destruiu a ocupação “Unidos Venceremos”, em Santa Cruz, na Zona Oeste, a Prefeitura do Rio pagou, nesta quarta-feira (20/01), o primeiro mês do aluguel social em auxílio aos desalojados. O vice-prefeito e secretário de Habitação, Nilton Caldeira, e a secretária de Assistência Social, Laura Carneiro, entregaram os primeiros quatro cheques, no valor de R$ 400,00, cada, a Thamires dos Santos Dias, Pamela Regina de Sousa, Gisele de Oliveira Sebastião e Paulo Ferreira da Silva. Os demais cheques foram ofertados pelas equipes das secretarias de Habitação e de Assistência Social.

– Hoje é um dia especial, de São Sebastião do Rio de Janeiro. Então, corremos para entregar os cheques o mais rápido possível. Foi necessária a emissão de um decreto específico para o pagamento do benefício nesse caso, que é de incêndio, não previsto no decreto anterior – afirmou Laura Carneiro.

Para dar continuidade ao pagamento, as famílias deverão procurar a Subprefeitura da Zona Oeste para a entrega da documentação exigida pela Secretaria de Habitação. Os beneficiários têm 30 dias para realizar o agendamento, no polo Santa Cruz da subprefeitura, Rua Fernanda, 155.

Beneficiários têm 30 dias para regularizar documentação – Fernando Maia / Prefeitura do Rio

O incêndio aconteceu na noite de quinta-feira (14), e os desalojados foram abrigados pela no Centro Esportivo Miécimo da Silva. A Secretaria de Assistência Social realizou o cadastramento das pessoas na sexta-feira e enviou, na segunda-feira, a documentação para a Secretaria de Habitação providenciar os pagamentos.

O Detran também está trabalhando, em parceria com a Assistência Social, para a emissão dos documentos que foram perdidos no incêndio. A diretoria da 10ª Coordenadoria de Assistência Social continua acompanhando os desalojados.

As doações necessárias no momento são: alimentos, mamadeiras, água, leite, fraldas, absorventes e demais itens de higiene. Roupas já chegaram em grande quantidade. As doações podem ser encaminhadas ao CRAS Jorge Gonçalves, Rua Primeira, 61, em Santa Cruz; e à unidade de reinserção Rio Acolhedor, Rua Hermínio Aurélio Sampaio, 105, ao lado do Senat, em Paciência.