Chuva intensa e lixo descartado irregularmente causam alagamentos

Chuva intensa e lixo descartado irregularmente causam alagamentos

Em menos de 24h de chuvas intensas, o município de São Pedro da Aldeia registrou 68 milímetros de precipitação pluviométrica, quantidade esperada para 15 dias. Até o final da tarde desta terça-feira (22/09), a Defesa Civil aldeense havia registrado 21 (vinte e uma) ocorrências entre alagamentos, princípio de escorregamento de solo e queda de muro.

Foto: Renato Fulgoni
Secretário de Governo, Eronildes Bezerra esteve na Praia Linda conferindo alagamento

Além da intensidade das chuvas, os transtornos causados pelos alagamentos também são consequência do descarte indevido de lixo nas ruas. A Prefeitura tem intensificado o recolhimento de galhos, materiais inservíveis, entulho e lixo jogados irregularmente em áreas públicas, mas a falta de cidadania de parte dos moradores contribui para o prejuízo coletivo.

Foto: ASCOM
Mesmo debaixo de chuva, equipes recolheram lixo das ruas aldeenses

ASSISTÊNCIA SOCIAL

Os bairros mais atingidos com alagamentos no município são Praia Linda, Rua do Fogo e Balneário. Na Ponta do Ambrósio, foi registrado princípio de escorregamento de solo na Travessa Alencar G. dos Santos.

Foto: Renato Fulgoni
Praia Linda foi um dos bairros mais afetados pelas fortes chuvas

Até às 17h30 de hoje (22/09), o município registrava 49 pessoas desalojadas, que já estão sendo acompanhadas pela Secretaria Municipal de Assistência Social em conjunto com a Defesa Civil. Os moradores estão recebendo apoio para repor materiais perdidos com a chuva, como colchões, por exemplo, mantimentos e o deslocamento para a casa de parentes. Até o final da tarde, não havia interdições na cidade.

A Defesa Civil está em Estado de Atenção, que permanecerá até amanhã (23/09). Todas as equipes da Prefeitura aldeense estão de sobreaviso para atender a população e as Secretarias de Serviços Públicos, Meio Ambiente e Assistência Social estão atuando nas ruas, atendendo as prioridades.

Foto: Renato Fulgoni
No bairro Balneário, às margens da estrada, a chuva abriu uma cratera

A Defesa Civil orienta os motoristas a trafegarem com cautela nas rodovias estaduais que cortam o município para evitar acidentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *